Workshop Sítios Natura 2000 marinhos e Pescas |Contactos | Mapa do SitePesquisa | Português Português English EnglishFacebook Twitter

A campanha oceânica realizada em 2011 a bordo da embarcação Santa Maria Manuela, no âmbito do projeto LIFE+ MarPro, permitiu o primeiro estudo sobre o lixo que flutua no mar português

Esta gaivota-de-asa-escura, cerca de 2 anos e meio depois de ter sido reabilitada no CRAM-Q deu as noticias que sempre esperamos

No passado dia 30 de Setembro, o dia Dia Bandeiras Verdes - Galardão Eco-Escolas foi celebrado no Parque de Exposições de Aveiro tendo o Life+ MarPro participado na Eco-Mostra

Desde Outubro de 2013 que todas as gaivotas recuperadas no CRAM-Q são libertadas com uma anilha de cor azul, para ser possível o seu seguimento por avistamento, sem necessidade de recaptura.

Na passada sexta feira, foram capturados mais de uma centena de Golfinhos comuns em Arte Xávega na Praia de Mira. A rede em que ocorreu esta captura múltipla, da qual se contabiliza já a morte de 49 Golfinhos-comuns, não se encontrava provida dos dispositivos acústicos (Pingers) que alertam os golfinhos. Para tornar a atividade pesqueira mais compatível com a conservação dos cetáceos, torna-se cada vez mais evidente a necessidade da utilização de dispositivos acústicos num maior número de redes
Detritos flutuantes nas Águas Oceânicas Portuguesas
M:017 Dá notícias
Participação do Life+ MarPro no Dia Bandeiras Verdes
100 Anilhas
Captura acidental múltipla em Arte-Xávega (22 de Julho de 2016)



Documentário LIFE+ MarPro: Um Mar a Proteger

Apresentação do Projecto LIFE+ MarPro

É necessário definir áreas de conservação para espécies de cetáceos e aves marinhas dentro da ZEE de Portugal, com principal atenção para o bôto, o roaz e a pardela-balear. Dados científicos sublinham a importância da plataforma Portuguesa como uma zona oceanográfica que interliga as áreas do Atlântico Norte, Mediterrâneo e áreas subtropicais.

Para algumas espécies de cetáceos (bôtoroaz, golfinho-comum) e de aves marinhas (ganso-patola, arau, pardelas) a competição directa por peixes comerciais em águas costeiras da plataforma continental é uma realidade. Assim, para uma correcta gestão e conservação a longo prazo de cetáceos e aves marinhas é necessário juntar esforços com o sector pesqueiro, o que contribuirá também para a definição de sítios Rede Natura 2000 offshore.

O projecto LIFE+ MARPRO é co-financiado pelo programa LIFE e resulta de uma parceria entre a Universidade de AveiroUniversidade do MinhoSPEAIPMAICNF.

 

Saiba mais acerca do Projecto LIFE+ MarPro


Workshop LIFE+ MarPro: Sítios NATURA 2000 Marinhos e Pescas

O Workshop LIFE+ MarPro: Sítios NATURA 2000 Marinhos e Pescas focar-se-á na definição de objectivos de conservação para os Sítios Natura 2000 marinhos e na incorporação das Pescas nos Planos de Gestão.

O painel de oradores contou com a presença de vários peritos nacionais e internacionais, que apresentaram diversos casos de estudo sobre a temática em causa. Por forma a que possam discutir problemas e soluções relevantes, bem como definir estratégias de trabalho futuras, realizar-se-ão sessões de debate, abertas à generalidade dos participantes. Para mais informações visite o sítio do workshop.

Poster Workshop LIFE+ MarPro: Sítios NATURA 2000 Marinhos e Pescas


  • Manuais de Boas de Práticas

    Clique na imagem para ir para o endereço.

  • maps

    Clique na imagem para ir para o endereço.

  • MarPro_WebGIS.png

    Clique na imagem para ir para o endereço.

  • LIFE @ 20- Competition and events website

    Clique na imagem para ir para o endereço.

  • Docs LIFE+ MarPro

    Clique na imagem para ir para o endereço.